Month: June 2011

Coisas que só acontecem comigo

Daí que, um belo dia, você decide que vai encarar seus fantasmas, e não vai mais ficar nervosa com determinadas coisas. Você volta a ouvir as músicas que tinha se proibido de ouvir, e percebe que não chora mais por conta de letras que te lembram alguém. Você resolve, já que tá tão forte assim, […]

More

E junho já tá quase acabando, né?

E, se junho já tá quase acabando, já tá quase acabando também aquele eco do sentimento que eu queria tanto desenvolver, mas que ninguém permitiu. E, pra ser sincera, eu to bem. E to feliz. E to satisfeita porque, a cada heartbreak, eu vou me tornando mais forte. It’s not my last life at all! […]

More

eco

hate is easy; love takes courage. “It is a risk to love. What if it doesn’t work out? Ah, but what if it does.” — Peter McWilliams Love = a form of amnesia, when a girl forgets there are 1.2 bilion other boys in the world. You give me the kind of feeling people write novels […]

More

sobre mudanças e adaptações

estava refletindo sobre as mudanças e adaptações que eu passei no último ano – e a data coincide (bem, forçando uma barrinha de uns dias de diferença) com a minha ida ao Fashion Rio (e, bem, a edição verão 2012 acaba hoje, então tá ok pra refletir sobre o ciclo). lógico que a reflexão é […]

More

like a bullet in the back

e aí que hoje papai me acordou cedinho porque minha tia Sílvia Helena morreu de madrugada e ele e mamãe já estavam saindo pra Miracema, onde será o enterro. dessa vez, tô sendo poupada da dor de ir praquele lugar, que não me faz nada bem. mas, pensando bem, não sei se queria mesmo ter […]

More