Um dia em Brugge

Quando estávamos definindo nosso roteiro de férias, acabamos optando por fazer de Bruxelas nossa base e, de lá, fazer day trips para outras cidades da Bélgica que nos interessavam – como, por exemplo, Bruges. Você, que é leitor assíduo desse blog, já se ligou que a gente gosta bastante de uma day trip.

Eu perdi a conta de quantas pessoas me disseram que Bruges é uma cidade lindíssima, um destino imperdível na Bélgica. Realmente, a cidade é uma gracinha, cortada pelos seus canais, caracterizada pelas ruas de paralelepípedos, cheia de construções medievais.

Bruges é a capital da província de Flandres Ocidental, e é bastante fácil viajar entre Bruxelas e Bruges: partindo da Estação Central de Bruxelas, a agradável viagem de trem dura 1h. Mesmo quando estamos de carro, como era o caso dessa viagem, por vezes nós achamos mais vantajoso fazer day trips de trem, seja pela comodidade de ir descansando no percurso ou por não precisarmos nos preocupar com estacionamento, por exemplo.

A sensação que eu tive é que realmente dá pra conhecer Brugge inteira em um dia de passeio. Nós caminhamos bastante pela cidade e as paisagens realmente são encantadoras.

Entre os destinos que visitamos na Bélgica, creio que Brugge foi o mais caro: os cafés e restaurantes não tinham opções muito acessíveis para o almoço, e nós acabamos comendo no Burguer King mesmo.

Lembro que o bilhete de trem que compramos dava direito a parar em Gant, o que fizemos no trecho de volta para Bruxelas, mas talvez já estivéssemos cansados e acabamos não achando nada demais. Talvez um dia voltaremos pra explorar com mais cuidado!

2 Comments

  1. Amanda Vieira

    Oi Letícia,

    Eu já visitei Bruxelas e não gostei muito não rs Logo depois de pegarmos 4 voos em 24 horas (😅) pegamos um trem para Gare du Nord e pensa num negócio assustador de noite! Então fomos pegar o ônibus pro hostel e eu pedi pro motorista avisar quando chegássemos num ponto X. O homem esqueceu. Resumo da ópera: ficamos esperando outro ônibus pra voltar em uma espécie de rodóvia que não tinha NADA ao redor e estávamos sem internet, nada! Foi Deus e nossos anjinhos da guarda que cuidaram da gente.

    Isso, obviamente, impactou muito a nossa percepção de Bruxelas kkkkkkkkk Não víamos a hora de ir pro próximo destino que era Amsterdam.

    Mas tenho vontade de voltar à Bélgica para conhecer Bruges! Espero que seja uma visita mais aprazível, digamos assim.

    Um beijo,
    Amanda

    Like

    1. Letícia

      Oi Amanda! Obrigada pelo seu comentário e por dividir um pouco da sua experiência!!
      Eu também achei a Gare du Nord meio assustadora – mesmo durante o dia hihihihihi
      Nós estivemos em Amsterdam em 2017 e gostei bastante – tem post aqui no blog, não sei se você já viu!
      Quando estivemos na Bélgica, embora a pandemia ainda não fosse uma realidade, eu já estava bastante preocupada com o coronavírus.
      De todo jeito, se possível, eu acho sempre válido voltar a lugares que não nos agradaram 100% porque nem sempre a primeira impressão necessariamente deve ser a que fica!!!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s