No dia 20 de janeiro, chegamos à última cidade que visitamos no #nossotrânsitocongelante : Paris, a cidade luz!

IMG_0011

Eu já tinha ido a Paris em 2009, e voltar com o marido foi incrível. Como eu contei brevemente por aqui, nosso ponto de chegada e partida da Europa foi Paris, e acabamos passando algumas horas em Paris no dia 8 de janeiro. Nesse dia, almoçamos com nossos amigos Rebecca e Guilherme no charmoso Huguette, e tomamos café da tarde no Les Deux Magots. Nesse primeiro dia em Paris, nós também aproveitamos para passear pelo Jardin du Luxembourg, pelas charmosas ruas de Saint German e na beira do Sena.

Corta pro dia 20 de janeiro, pra última fase do #nossotrânsitocongelante , quando ficamos, de fato, em Paris. Escolhemos nos hospedar no Hotel Champs-Elysées Friedland, que na verdade fica na esquina da Rue du Faubourg Saint-Honoré com Av de Friedland, colado no Boulevard Haussmann e muito pertinho do Arc du Triomphe. Estávamos bem servidos de metrô: podíamos escolher entre as estações Charles de Gaulle Étoile, George V ou Franklin D. Roosevelt. Além disso, conseguíamos passear bastante a pé, do jeitinho que a gente gosta. No hotel, tínhamos café da manhã e um delicioso chá da tarde incluídos, além de café e chá disponíveis todo o tempo no lobby. Nesse hotel, precisamos trocar de quarto no domingo: o primeiro quarto tinha um banheiro imenso e o quarto em si não era muito espaçoso; o segundo quarto, por sua vez, tinha um banheiro bem menor porém super ok, e o quarto tinha um pouquinho mais de espaço pra gente se movimentar.

IMG_0596

Nós chegamos bem tarde no hotel, porque, justo naquele dia, tava com pouco táxi na Gare du Nord, e pedir Uber por ali não tava muito fácil. Foi preciso, então, esperar pacientemente. Ao chegarmos no hotel, deixamos as coisas no quarto e descemos em busca de alimento. Ali mesmo, bem pertinho, no Boulevard Haussmann, paramos no Café de L’Avenue e matamos a fome.

IMG_0605

Acordamos no sábado muito animados pra começar nossos passeios e fizemos o que mais gostamos de fazer quando estamos viajando: caminhamos muito, é claro! Começamos o dia ali pertinho mesmo, no Arc du Triomphe, e depois fomos até Saint Germain pra almoçar no L’Entrecôte de Paris. Claro que tava uma fila imensa pra entrar no restaurante e demoramos uma eternidade pra conseguirmos mesa, mas eu sou muito apaixonada por entrecôte pra perder a chance de ir lá. Acabamos passando a tarde lá por Saint Germain mesmo, e lanchamos no Le Boul Mich.

IMG_0636

No domingo, eu fui à missa na Notre Dame, agradecer mais uma vez por tanta coisa maravilhosa que tá acontecendo na nossa vida. Em 2009, eu também participei da missa na Notre Dame, e, pra mim, visitar igreja só faz sentido se for assim, pra participar da missa e louvar o Senhor. Dessa vez, a missa de que participei foi com cantos gregorianos. Me faltam palavras pra descrever como a missa foi maravilhosa.

IMG_0659

IMG_0689

Como o domingo era preguiçoso, fomos até o Trocadéro e o Champ de Mars, pra ver a Tour Eiffel de pertinho. Fiquei triste de ver Champ de Mars cheio de grades… senti que Paris tá muito presa no medo. Jantamos na Crêperie Framboise, que tem um cardápio de crepes bastante diferente.

IMG_0857E aí chegou a segunda feira, também conhecida como o melhor dia da semana! Bom, pelo menos, naquela semana, a segunda feira era o melhor dia da semana! Acordamos cedinho e pegamos o RER em direção à Disneyland Paris! Foi um dia tão frio, mas tão frio, que até nevou em Paris e lá no Marne de la Vallée.

IMG_0741Eu, que tinha planejado um look todo adequado pra visitar o Mickey, acabei ficando presa dentro do casacão da Uniqlo, e tive que comprar gorro do Goofy, luvas do Mickey e cachecol pra me esquentar – além de uma segunda meia, porque ninguém merece pé frio. Passamos o dia aproveitando Walt Disney Studios e Disneyland, mesmo com o frio congelante que tava fazendo.

IMG_0770Quando a Elsa e a Anna passaram por nós, tive certeza de que a Elsa que era culpada de tanto frio! Hihihi

IMG_0815Pra mim, que sou Disney Freak assumida, foi uma alegria imensa, e até mesmo um alívio, voltar na Disneyland Paris. Abracei o Mickey e o Pluto, andamos de montanha russa e na Torre do Terror, e fiquei emocionada de ver tanta beleza de novo. Infelizmente algumas rides estavam fechadas para refurbishment, mas tudo bem. Naturalmente estava frio demais para esperarmos o espetáculo de fogos, então deixamos pra outra vez. Já de volta à Paris, jantamos no Matsuri, na unidade de Boëtie: japonês honesto, daqueles que tem esteira e as comidinhas ficam passando na nossa frente pra que a gente escolha o que quer comer.

IMG_0909A terça feira começou em Montmartre, quando subimos as escadarias da Basilique du Sacré Coeur. Este era um lugar que eu ainda não conhecia de Paris, e foi muito, muito emocionante entrar na Basílica e rezar no Sagrado Coração de Jesus. De lá, seguimos para o Louvre.

IMG_0916Nós decidimos não entrar no Museu do Louvre por vários motivos, mas o principal deles é: o Louvre é tão grande que a gente jamais conseguiria ver tudo, e se não for pra ver tudo a gente nem entra.

IMG_0936Da outra vez que fui à Paris, eu me aventurei sozinha dentro do Louvre: fiquei lá umas 3 horas e não conheci nem 1/3 das obras. Almoçamos no Pedra Alta, restaurante português que fica perto da Champs-Elysées, onde comemos demais.

IMG_0952À tarde, caminhamos bastante, chegando até a Opéra, tentando, na verdade, comprar mais algumas coisas pro nosso guarda-roupa invernal. Infelizmente, não tivemos sucesso: as lojas em Paris estavam com baixíssimo estoque de roupas e sapatos, e, quando achávamos algo interessante, os preços não estavam convidativos.

Aliás, eu me lembrava que Paris era uma cidade cara, mas dessa vez tava tudo muito muito caro mesmo! Tava difícil de fazer compras, e até de comer. Todas as refeições que não foram mencionadas aqui foram realizadas no McDonald’s da Champs-Elysées, porque era o que dava. E também porque eu tava doida pra comer porcaria depois de tantos dias de restrição alimentar por conta da intoxicação hihihihi na verdade eu ainda tinha que ter passado bem mais tempo sem comer porcaria mas é a vida.

Chegava ao fim, então, o #nossotrânsitocongelante ! Na quarta feira, 25 de janeiro, saímos cedo do hotel para ir pro aeroporto com calma, fazer o détaxe com calma, despachar as nossas malas com calma… e enfim embarcamos rumo à Erevã, essa cidade que é agora a nossa casa.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s