No domingo, acordamos cedo e tomamos café da manhã no Steinecke’s Heidebrot Backs, uma padaria cheia de delícias que ficava perto do nosso hotel. De lá, fui pra missa na Catedral de Santa Hedwiges, que é belíssima.

IMG_5133IMG_5125IMG_5128

Quando a missa acabou, voltei pro hotel, troquei de roupa pois estava um calor surreal, e tomamos o S-Bahn em direção a Potsdam! Depois de cerca de 40min, chegamos até a cidade, e fomos caminhando até os jardins do Palácio de Sanssouci. Encontramos nossos amigos no Café & Restaurant Fredersdorf e, depois de devidamente abastecidos, passeamos pelos belíssimos jardins e admiramos os palácios.

IMG_0464IMG_0470

Mas eu estava ansiosa mesmo era pra ir ao Palácio de Cecilienhof, o local que sediou a Conferência de Potsdam, a terceira, a mais longa e a última das três grandes conferências que definiram a nova ordem mundial pós-Segunda Guerra entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945.

IMG_0478IMG_5148

Embora a fachada estivesse em reforma, fiquei emocionadíssima ao visitar os cômodos do palácio, e, principalmente, ao ver o grande salão com a enorme mesa redonda onde se sentaram Churchill, Truman e o Camarada Stalin.

IMG_5155

À noite, já de volta em Berlim, jantamos no ótimo restaurante indiano Amrit da Potsdamer Platz.

IMG_5150

Uma das coisas que eu mais gostei em Berlim foi ver, pela cidade, estas marcas que delimitam por onde passava o Muro. Era difícil não me emocionar cada vez que passava por elas, cada vez que passava sobre elas, cada vez que eu as cruzava.

Já na segunda feira, continuamos nossas caminhadas e passeios depois de tomar café da manhã no Starbucks da Alexanderplatz, começando pela Karl Marx Allee, a enorme avenida que guarda a arquitetura socialista.

IMG_5156IMG_5157

Seguimos para o museu a céu aberto Topography of Terror, que, por trás de uma outra parte do muro de Berlim, conta a história da ascensão de Hitler e do seu governo, bem como das atrocidades cometidas no período e suas consequências.

IMG_0482IMG_0491

Foi lá na Topografia do Terror que eu vi o pedaço de muro com mais cara de muro – pelo menos, a cara que eu tinha no meu imaginário! -, principalmente com as inscrições da palavra “madness” (loucura) e do questionamento “why?” (por quê?).

IMG_0496IMG_0498IMG_5165

Estava um calor de matar e nós optamos por almoçar no shopping Mall of Berlin e desfrutar um pouquinho do ar condicionado. Acabamos esticando o passeio pelo shopping que é bem grande, com 4 andares e dois lados (o lado east e o lado west) e fica ali na Leipziger Platz. Lá, lojas como Zara, H&M, Pandora, Zara Home, entre outras, expõem suas coleções, e achei o lugar bem conveniente para quem quiser fazer compras na cidade.

Nossa última parada neste dia em Berlim foi a Dussmann das KulturKaufhaus na Friedrichstraße, uma imensa livraria, recheada de coisas maravilhosas e onde eu seria capaz de ficar o dia inteiro. O motivo de irmos lá? Comprar a coleção de Harry Potter em alemão, é claro!

Na terça feira, dia 13 de junho, repetimos o café da manhã na padaria Steinecke’s Heidebrot Backs e seguimos para a estação de trem para continuarmos a nossa viagem.

 

*este post também foi escrito ao som do álbum The Wall do Pink Floyd, que foi a trilha sonora da nossa visita a essa cidade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s