Ah, Edimburgo! Não tem como não lembrar com alegria dessa cidade que mora no meu coração! E, se Edimburgo mora no meu coração desde 2012, depois dessa última visita em dezembro do ano passado, posso dizer que mora no meu estômago também, pois conseguimos explorar alguns bons e ótimos restaurantes na nossa passagem por lá.

  • Vittoria 

Coladinho no The Elephant House, em plena George IV Bridge, o Vittoria on the Bridge tem um ambiente cool e family friendly, com um cardápio de culinária italiana descomplicada e clássica. Nós tínhamos chegado da nossa viagem de carro, saindo de Lanercost, e meu estômago faminto ficou muito feliz com o penne alla Milanese (£11,95) maravilhoso que eu comi. Há uma outra unidade do Vittoria em Edinburgh, o Vittoria on the Walk, que ocupa o mesmo lugar desde 1970.

  • Café Andaluz 

Outra rede de restaurantes que merece a sua atenção! Nós fomos na unidade de Glasgow no dia da nossa day trip pra lá, mas há uma unidade também em Edinburgh, pertinho do Vittoria on the Bridge. O Café Andaluz celebra a culinária ibérica em toda a sua glória, e as tapas são de comer rezando de tão boas. De segunda a sexta feira, entre 11h30 e 15h, pode-se escolher quaisquer 3 tapas por £13,95 (por pessoa). O ambiente é muito agradável, e o serviço foi ótimo. Nós comemos 4 tapas: croquetas de jamón y queso, albóndigas, pollo marinado, e vieiras con serrano. Tudo estava absurdamente delicioso, e eu recomendo fortemente esse restaurante.

  • Boteco do Brasil

Meu estômago expatriado quase surtou de felicidade quando descobrimos que, bem pertinho do nosso hotel, tinha um restaurante brasileiro (47 Lothian Street)! Guaraná Antártica, pão de queijo (£4,95), frango à passarinho (£4,95), linguiça com aipim (£4,95), coxinha (£4,95)… nós nos deleitamos num verdadeiro banquete! Além da unidade de Edimburgo, o Boteco do Brasil também tem uma unidade em Glasgow para os estômagos famintos de Brasil.

  • Kyloe Steak Restaurant & Grill

O restaurante escolhido para o meu almoço de aniversário! Kyloe foi o primeiro restaurante gourmet de carnes de Edimburgo. “Kyloe” é uma palavra escocesa antiga para o gado das Highlands, e foi escolhido para dar nome ao restaurante para representar a força e versatilidade dos produtos bovinos da Escócia. O restaurante fica no The Rutland Hotel, no West End de Edinburgh, com uma vista linda para o Castelo de Edimburgo. Os menus do restaurante foram elaborados pelo premiado Chef John Rutter. Nós escolhemos o Steak Sharing Option (£35,00) com 300g de filé mignon, servido com molho de whisky e pimenta, batatas fritas, ervilhas e salada, e estava uma delícia.

  • Cucina

Fomos jantar no Cucina no dia do meu aniversário. Esse restaurante fica no Radisson Collection Hotel da Royal Mile (antigo Hotel Missoni), comandado pelo premiado Chef Andrew McQueen. A experiência culinária proposta pelo Cucina é de pratos modernos e estilosos, executados com perfeição, combinando os sabores italianos aos ingredientes frescos sazonais. Neste charmoso restaurante, pedi o risotto alla zucca, beignet alla salvia e formaggio di capra di St Maure (£9,95), que estava muito gostoso.

  • Contini

O Contini é um dos restaurantes mais disputados de Edinburgh. Localizado no número 103 da George Street, esse restaurante faz uma releitura da cozinha tradicional italiana de uma maneira contemporânea num ambiente lindo. Pedimos arancini (£6,50) e burrata (£8) como entradas para dividir, e depois cada um comeu seu ravioli de espinafre e ricotta com molho amanteigado de tomates (£8). Tudo estava espetacular.

  • Söderberg

IMG_8361

Sabe aquela pausa gostosa pra um cafézinho no meio da tarde? Söderberg é um ótimo lugar pra isso. Menos lotado do que qualquer Starbucks e com um ambiente super cool, a rede de padarias e cafés tem algumas unidades na cidade de Edinburgh. Eu tomei um cafézinho com uma chokladboll, um pseudobrigadeiro coberto de flocos de côco que vale cada caloria.

  • Nanyang Malaysian Cuisine

Você já pensou em provar a culinária da Malásia? Não? Então não sabe o que está perdendo! O excelente Nanyang tem um ambiente muito agradável, propício para apresentar o melhor da culinária da Malásia, que tem fortes influências da região e da sua população diversa: as culturas malai, chinesa, indiana, thailandesa, javanesa e sumatran são as principais influências dessa culinária. Nós provamos a sopa wonton (£4,95) e o frango com legumes e molho Nanyang (£11,95). Tudo estava delicioso e as porções são generosas.

  • Wagamama

img_8374.jpg

A famosa rede, que tem filiais em todo o Reino Unido, tem cada prato melhor do que o outro. Naquele dia, eu escolhi o wagamama ramen, que combina frango grelhado, carne de porco, chikuwa, camarões e mexilhões num caldo de galinha com dashi e miso, além de meio ovo cozido, menma, wakame, cebolas e brotos de ervilha. Estava bom demais!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s