Uma tarde em Carlisle

No mesmo dia em que visitamos alguns dos lugares históricos da Muralha de Adriano, fomos almoçar e conhecer o centro de Carlisle, cidade que é o principal centro comercial, cultural e industrial do norte do condado de Cumbria. Almoçamos no Old Bank, restaurante bem aconchegante que fica bem pertinho do Castelo de Carlisle.

A história antiga de Carlisle é marcada pela sua condição como assentamento Romano, fundado para servir aos fortes da Muralha de Adriano. Durante a Idade Média, por conta da sua proximidade ao Reino da Escócia, Carlisle se tornou uma importante fortaleza militar.

IMG_2862
Carlisle Castle

O Castelo de Carlisle foi construído em 1092 por William Rufus e serviu de prisão para Maria, Rainha dos Escoceses. Hoje, o Castelo abriga o Regimento do Duque de Lancaster e o Museu do Regimento de Fronteira (Border Regiment Museum). No começo do século XII, o Rei Henrique I permitiu a fundação de um monastério (priory) em Carlisle. A vila passou a ser cidade quando a diocese foi formada em 1133, e o monastério passou a ser a Catedral de Carlisle.

IMG_8089
Catedral de Carlisle

Quando estávamos voltando para nossa pousada em Lanercost, paramos para lanchar no Lanercost Priory Tea Room, um lugarzinho super fofo com uma seleção de delícias.

No dia seguinte, seguiríamos viagem para a Escócia!

Lanercost Equestrian & Country Accommodation

Era uma vez um lugarzinho no meio do nada, com sabor de chocolate e cheiro de terra molhada…

Imaginou um lugar assim? Pois ele existe: a Lanercost Equestrian & Country Accommodation é um cantinho idílico no condado de Cumbria, ao norte da Inglaterra, refúgio para os exploradores da Muralha de Adriano.

This slideshow requires JavaScript.

Ainda vou fazer um post sobre todos os hotéis desse tour pelo Reino Unido + Irlanda, mas essa casinha aconchegante, com atenção aos mínimos detalhes, merecia um post especial. O bed & breakfast tem poucos quartos, e uma área comum com uma sala de estar com TV e diversos filmes à disposição e a sala de refeições, onde são servidos o café da manhã (incluso na diária) e o jantar (pago à parte). Também estão disponíveis para os hóspedes água (tap water), chá e biscoitos, e é possível lavar roupas por apenas £6 (cada máquina fully loaded).

Deborah, a dona da pousada, é chefe de cozinha, e prepara cada coisa mais maravilhosa do que a outra! Eu confesso que nem queria ir embora pra poder continuar comendo todas aquelas coisas deliciosas!

IMG_8132

No café da manhã, opções de croissants, pain au chocolat, pães, geléias, bacon <3, queijos e frios, iogurte, frutas, sucos e café, é claro.

No jantar do primeiro dia, escolhemos opções do cardápio: frango ao curry pra mim e pasta aos 4 queijos para o marido, acompanhados de salada e vinho tinto. O que nós não imaginávamos era que seria tanta comida!

IMG_8076

Eu e o marido não somos de comer muito à noite e, para o jantar do segundo dia, a Deborah muito gentilmente ofereceu preparar o que quiséssemos, mesmo que não estivesse no cardápio. Ela disse que poderia preparar hambúrguer caseiro pra gente, e também estava delicioso, acompanhado de batatas fritas, salada e ketchup caseiro.

IMG_8125

Só de ver estas fotos e lembrar dessas refeições eu fico salivando! Lá na Lanercost Equestrian & Country Accommodation, há tudo o que pode-se precisar no meio de uma viagem: desde adaptadores de tomadas até snacks como barrinhas de cereais e biscoitos com preços muito razoáveis. Pelo tamanho das refeições servidas, os pratos eram até muito baratos! Do mesmo modo, vinhos, cervejas, refrigerantes e água tinham preços justíssimos. Era um alívio podermos comer no próprio B&B, porque as estradas nessa região são bem estreitas, não são duplicadas, e são pouco iluminadas – e o bônus foi degustar pratos deliciosos!

O que mais nos encantou nesse B&B era o cuidado com os mínimos detalhes, desde a decoração até o atendimento super personalizado. O quarto em que ficamos era muito amplo, com um banheiro enorme, e a casa era toda muito limpa. Nós nos sentimos, verdadeiramente, em casa.

Gyumri: restaurante Cherkezi Dzor

No dia 13 de janeiro, fomos conhecer a cidade de Gyumri, que é a 2ª maior cidade da Armênia e fica a cerca de 130km do centro de Yerevan. A viagem entre as duas cidades leva cerca de 2h30. E, se em Yerevan apenas começou a nevar, Gyumri já está bem mais branquinha!

Depois de visitarmos o centro da cidade e conhecermos a linda catedral, fomos para o restaurante Cherkezi Dzor, que é uma fazenda de peixes onde podemos escolher na hora qual peixe comeremos!

Na hora em que escolhemos o peixe, um dos funcionários do restaurante pesca o eleito, pesa e leva pra cozinha. Pouco tempo depois, o peixe chega lindíssimo e inteiro à mesa, para nosso deleite em uma refeição maravilhosa. Como acompanhamento, escolhemos batatas típicas, arroz pilaf de cogumelos, picles, iogurte (matsoun) e muito pão fresco. De sobremesa, comemos gatah acompanhada de café armênio.

Em Gyumri, a neve já deixou a paisagem bem branquinha!

IMG_9284

Na volta para Yerevan, paramos na estrada pra registrar a paisagem bem branquinha da região montanhosa da Armênia.

IMG_3820

Ano passado, Yerevan estava coberta de neve nesta época mas, neste inverno, o frio está menos intenso e a neve também. Se no inverno do ano passado as temperaturas chegaram a -20ºC, este inverno tem sido bem mais ameno, com as mínimas em torno de -4ºC. Só ontem é que tivemos um pouco mais de neve na cidade, que acabou derretendo ao longo do dia!

Mais restaurantes de Ierevan!

Tem bastante tempo que não rola um post gastronômico de Ierevan por aqui, né? O último post sobre nossas descobertas gastronômicas da cidade foi em maio!! Acontece que, depois de 9 meses(!) morando por aqui, nós já elegemos os nossos favoritos e acaba rolando uma preguicinha de visitar lugares novos (#sinceridades).

Mas, quando conseguimos vencer essa preguiça, sair da zona de conforto e explorar cafés e restaurantes que ainda não tínhamos visitado, somos constantemente surpreendidos!

  • Avenue by L’Orange

sushi avenue

Nós descobrimos esse restaurante ainda em maio, e ele rapidamente se tornou um dos nossos favoritos – principalmente pra comida japonesa! Com 2 andares bem espaçosos no ambiente interno, nós aproveitamos bastante a varanda na primavera e no verão – e também na nossa última visita semana passada. Agora que esfriou (hoje os termômetros chegaram a marcar -1ºC!!), certamente desfrutaremos das instalações internas do restaurante. No menu, uma diversidade de pratos como massas, carnes de porco, saladas, entre outros. Mas, como eu já falei, eu gosto mesmo é da comida japonesa de lá! Eles tem um sushi bar muito bom (principalmente pros padrões de Ierevan), e acho que o meu prato favorito são os rolls cobertos de caviar (esqueci de anotar o nome! Mas prometo fazer o update na próxima visita!). A comida japonesa sempre vem servida em cima do gelo seco, que não só ajuda a conservar a comida mas também dá um efeito muito bacana e eu sempre fico encantada hehehehehe

  • Rossini

O restaurante anexo ao Grand Hotel Yerevan, na praça Charles Aznavour, oferece um cardápio sucinto de delícias italianas. Mas, pra mim, o destaque ficou por conta do café expresso acompanhado de petit fours diversos. É um dos restaurantes mais chiques da cidade, portanto, não é tão baratinho quanto a média.

  • Tsirani Home Restaurant

Comida armênia da melhor qualidade num ambiente super aconchegante, que parece mesmo a casa da gente. A gente tentou umas 3 vezes ir nesse restaurante, e sempre tava lotado! Até que um belo dia conseguimos chegar bem cedo pro almoço, e ainda estava bem vazio, então finalmente conseguimos degustar alguns dos pratos servidos por eles! Felipe comeu o frango tabaka, que já é um dos nossos favoritos, e eu comi um churrasco de cordeiro acompanhado de batatas. Depois, pakhlava de sobremesa, pra fechar com chave de ouro!

  • Santa  Fé

img_5861-e1509690482502.jpg

Eu fui 2 vezes ao Santa Fé nesse verão, e minha experiência por lá é meio duvidosa. Embora o ambiente seja dos mais agradáveis da cidade pro verão, minha mãe teve infecção alimentar ao comer o croque madame de lá. Nesse mesmo dia, eu comi o mil folhas, e estava espetacular. No outro dia em que voltei lá, fui com o Felipe e nossos amigos Ana e Ricardo que estavam nos visitando, e degustamos uma diversidade de queijos, com direito a Aperol Spritz. Isso aconteceu em 2 dias seguidos e minha mãe só começou a passar mal quando a gente já tinha voltado lá, e eu confesso que não voltei mais lá não. Pode ter sido só azar, mas sei lá.

  • Tiziano

Além do ambiente super fofo, o Tiziano tem uma parede toda decorada com macarons, o que já seria o suficiente pra ganhar o meu amor. Como se não bastasse, ainda tem o melhor risoto que já comi aqui em Ierevan, e um frango à parmigiana que mais parece uma torre de suculência. Eles servem o café expresso da maneira correta: acompanhado de copinho de água e mini cookie. Foi outra descoberta recente mas que já visitamos mais de uma vez, e que já entrou pra lista dos favoritos.

  • Cheesy Café

Um restaurante especializado em queijos, com um ambiente super fofo. No cardápio, bolinhas de queijo. Sim, bolinhas de queijo!! Claro que não são exatamente iguais às bolinhas de queijo brasileiras, e também não acho que se propusessem a ser, mas são deliciosas e serviram pra matar bem a saudade dessa delícia da nossa pátria amada. Nós repetimos a dose poucos dias depois na hora do almoço e eu comi um tagliatelle com queijo brie e bacon que também tava muito bom.

  • Mané Restaurant

Não, vocês não leram errado: o nome desse restaurante é mesmo Mané! Esse restaurante fica bem pertinho aqui de casa e eu honestamente não sei porquê demoramos tanto pra ir conhecê-lo. Pedi o estrogonofe, e estava um espetáculo. Certamente vai entrar pra lista dos “restaurantes da preguiça” – aqueles que ficam bem pertinho de casa, e acabam sendo os mais frequentados!

Restaurantes em Moscou

Se alguém me dissesse um dia que eu já teria ido passear em Moscou 4 vezes em 4 meses, eu jamais acreditaria. Tenho mesmo é que dar graças a Deus por estas oportunidades que já aconteceram na minha vida, e por ser relativamente fácil ir daqui de Ierevan pra capital da Rússia!

Com isso, temos podido experimentar diferentes restaurantes em Moscou, e, se eu já contei sobre alguns deles no post sobre nossa primeira ida pra essa cidade incrível, resolvi reunir em um único post todas estas experiências que tivemos! E, de cara, já registro uma informação importante: é bem mais caro comer na Rússia do que na Armênia!

  • Dr Jivago (Dr. Живаго)

A localização desse restaurante é incrível, em frente ao Kremlin. O restaurante funciona 24h e, segundo informações colhidas, vive lotado. No dia em que fomos, chegamos depois da meia noite e ainda assim tivemos que esperar alguns minutos por alguma mesa. O menu tem versão em inglês, e foi a refeição mais cara que já fizemos em Moscou. No cardápio, delícias típicas, com direito à pasta de beterraba.

IMG_2810.JPG

Como chegar: estação de metrô Ploshchad Revoliutsii (Площадь Революции) para linha 3, ou Teatralhnaia (Театральная) para linha 2. A estação Tverskaya (Тверская) também fica ali por perto, pra quem usa a linha 2.

  • Uilliam’s

Esse restaurante tem um ambiente muito bacana, localizado na rua Malaya Bronnaya. O menu tem várias opções para os diferentes horários do dia, e o brunch que tomamos lá ainda é uma das minhas refeições favoritas de Moscou.

IMG_2869.JPG

Como chegar: As estações de metrô mais próximas são Tverskaya (Тверская) pra quem usa a linha 2, e Pushkinskaya (Пушкинская) pra quem usa a linha 7. De qualquer uma destas estações até o Uilliam’s, uma caminhadinha de uns 10 minutos.

  • Le Pain Quotidien (Хлеб Насущный)

A famosa rede francesa também tem várias filiais na capital russa. A padaria tem pães deliciosos, e eu também recomendo fortemente tomar café da manhã/brunch por lá, já que os pratos são muito saborosos.

IMG_3090.JPG

Como chegar: são muitas filiais! Certamente haverá uma perto de você.

  • Stolovaya 57 (Столовая 57)

Pra mim, é o clássico dos clássicos de Moscou. Fica no 3º andar da GUM (ГУМ), e é uma opção muito boa para quem quer uma farta refeição a preço justo em plena Praça Vermelha. Não tem uma vez que eu vá a Moscou e não vá lá!

Como chegar: estação de metrô Ploshchad Revoliutsii (Площадь Революции) para linha 3, ou Teatralhnaia (Театральная) para linha 2. A estação Tverskaya (Тверская) também fica ali por perto, pra quem usa a linha 2.

  • Shokoladnitsa (шоколадница)

Esse também tem aqui em Ierevan, e muitos pontos em Moscou. É um bom café, com menu cheio de delícias, e também pratos salgados pra refeições rápidas. Eu amo o chá de limão, gengibre e mel deles!

Como chegar: são muitos os pontos desse café em Moscou! Quase que tem um a cada esquina!

  • Burguer Heroes/Bad Bro Bar

A rede Burguer Heroes também tem algumas filiais em Moscou, mas nós fomos na que fica dentro do Bad Bro Bar, que tem um ambiente que lembra um pub, onde a cerveja é bem servida. O menu do Burguer Heroes tem hambúrgueres gourmet saborosos, e os  seus nomes remetem a personagens famosos. Os hambúrgueres demoraram um pouco pra ficar prontos, e é preciso ficar atento ao número do pedido, já que o sistema de chamada dos pedidos não é muito eficiente.

IMG_3322.JPG

Como chegar: rua ul. Gruzinskiy Val, 28, Moskva, Rússia, 123056. Estação de metrô Belorusskaya (Белорусская) para linhas 2 e 5.

  • Kafé Merkato no Parque Gorky (Кафе Меркато Парк Горького)

Pense num ambiente delicioso, no meio do Parque Gorky, com música boa tocando ao fundo, uma focaccia deliciosa, e um Aperol Spritz bem feito: este é o Café Merkato. São dois ambientes, um interno e um externo e, como nós fomos na primavera, estava sol (porém fresquinho, não se enganem) e pudemos ficar no ambiente externo. Mas o ambiente interno me pareceu bastante agradável também.

IMG_4066.JPG

Como chegar: estação de metrô Park Kultury (Парк культуры) para linhas 1 e 5, ou Oktyabrskaya (Октябрьская) para linhas 5 e 6.

  • Бадамзар (Badamzar) Новый Арбат

Esse restaurante de comida uzbeque fica na Avenida Nova Arbat, onde também está localizada minha livraria favorita (Dom Knigi <3). Eu não estava botando muita fé na comida do Uzbequistão, mas fui positivamente surpreendida! No menu, uma entradinha de tomates com cebola deliciosa, e uma carne de cordeiro muito saborosa!

Como chegar: estação de metrô Arbatskaya (Арбатская) para linha 3, ou Biblioteka Imeni Lenina (Библиотека им. Ленина) para linha 1.

  • Волконский (Volkonskii) Новый Арбат

Sobremesas deliciosas num ambiente muito fofo! O serviço também é excelente. A Volkonskii também funciona como padaria, e fiquei sabendo que, à noite, eles dão descontos especiais no estoque do dia pra evitar o desperdício!

Como chegar: estação de metrô Arbatskaya (Арбатская) para linha 3, ou Biblioteka Imeni Lenina (Библиотека им. Ленина) para linha 1.

  • Razvedka (Разведка)

Esse restaurante tem um ambiente que me causou um pouco de desconforto, porque a decoração temática é toda ligada à espionagem, e as paredes são cobertas de armas, celulares antigos, etc. Os banheiros também entram na temática, e eu confesso que troquei de cabine quando vi que uma delas era totalmente decorada com câmeras de segurança! Me deu agonia hihihihi Falando em banheiros, eles são bem limpos. Mas a comida de lá é muito boa, e o serviço é bem justo. Eles também disponibilizam menu em inglês, e o preço é bem justo pra um restaurante/bar tão próximo da Praça Vermelha.

Como chegar: estação de metrô Ploshchad Revoliutsii (Площадь Революции) para linha 3, ou Teatralhnaia (Театральная) para linha 2.

  • Korio (Корё)

O glorioso restaurante Norte Coreano em Moscou tem um amplo cardápio cheio de quitutes típicos da Coréia do Norte. O ambiente também parece nos transportar diretamente para o país, decorado com peças típicas. Nas TVs, ficam passando filmes com apresentações musicais muito produzidas do país. Tudo o que provei estava muito gostoso, e o temperinho apimentado deles dá um toque especial a todos os pratos.

Como chegar: estação de metrô Ленинский проспект (Leninskyi Prospekt) para linha 6.

  • Burguer & Fries Miratorg (бургер и фраис Миратог)

Uma hamburgueria comandada pela maior produtora de frangos e carnes da Rússia, com menu simplificado e atendimento rápido. Nós descobrimos a Burguer & Fries Miratorg quase sem querer, quando estávamos com muita fome depois de termos chegado de Vienna em Moscou. A unidade em que fomos fica dentro de um mercado da Miratorg, o que facilita a vida de quem precisa comprar pequenos lanchinhos pra levar pro hotel.

IMG_5359.JPG

Como chegar: tem algumas unidades pela cidade, mas a que nós fomos é a da rua Mashi Poryvaevoy, acessível pela estação de metrô Krasnyie Vorota (Красные ворота) para linha 1.

  • Bosco Fresh & Bar na Praça Vermelha

Uma opção um pouquinho mais sofisticada para refeições na Praça Vermelha, mas ainda assim sem estourar o orçamento. Fui lá com meus pais em um dia bem quente de verão e estava tão cheio que não conseguimos mesa na área externa que fica, literalmente, na Praça Vermelha. Este Bosco fica no piso térreo da GUM (ГУМ), e o cardápio oferece opções saudáveis, como frango grelhado e saladas, e também várias massas. O serviço foi bem lento no dia em que estivemos lá – pedi gelo e tô esperando até hoje – mas não sei se era porque o restaurante estava bem cheio.

Como chegar: estação de metrô Ploshchad Revoliutsii (Площадь Революции) para linha 3, ou Teatralhnaia (Театральная) para linha 2.

  • Teremok (Теремок)

Fast food russo, com cardápio cheio de opções da culinária típica a preços módicos. Tem uma sopinha de frango com macarrão que é bem gostosinha e bem temperada. Eles também servem as tradicionais blínis (Блины), que são as panquecas recheadas russas.

Como chegar: tem várias espalhadas pela cidade!

  • Steak it easy Grill Bar Новый Арбат (Novyi Arbat)

Muito provavelmente o destaque da minha passagem por Moscou com meus pais (tô devendo esse post! Eu sei!), o Steak it easy da Novyi Arbat tem um cardápio ótimo, um ambiente maravilhoso, preço muito justo, e um atendimento sensacional (eles adaptaram todos os pratos pras nossas necessidades daquele dia), além da localização super conveniente (muito pertinho da minha Dom Knigi favorita). Recomendo fortemente a tortinha de chocolate com caramelo e flor de sal.

IMG_6064.JPG

Como chegar: estação de metrô Arbatskaya (Арбатская) para linha 3, ou Biblioteka Imeni Lenina (Библиотека им. Ленина) para linha 1.