Liverpool é uma cidade adorável! Há muito tempo eu tinha vontade de conhecer a cidade dos Beatles, e foi muito bom poder passar alguns dias por lá com o marido. Já contei aqui sobre o nosso dia dedicado ao Fab4, e hoje quero contar um pouquinho sobre a nossa visita ao Merseyside Maritime Museum, que também fica no Albert Dock!

192
âncora do HMS Conway, recuperada em 1968 e doada ao museu

A entrada no Merseyside Maritime Museum é gratuita, e inclui acesso à exposição Titanic and Liverpool: the untold story (não é permitido fotografar a exposição) e também ao International Slavery Museum, que fica no 3º andar do mesmo prédio.

193

O museu tem um acervo muito interessante, e o destaque fica para a exibição permanente Lusitania: life, loss and legacy. O naufrágio do Lusitania foi um dos piores incidentes ocorridos durante a Primeira Guerra Mundial: No começo de 1915, o governo alemão declarou que todos os navios Aliados estariam em perigo de ataque em águas britânicas. O Lusitania era um navio de passageiros que saiu de Nova Iorque no dia 01 de maio de 1915 com 1962 pessoas à bordo e, em 07 de maio de 1915, às 14h10, quando estava próximo do sul da Irlanda, foi atingido por um torpedo do submarino alemão U-20. O Lusitania naufragou em menos de 20 minutos, e 1191 pessoas morreram. Podemos ver alguns objetos recuperados do navio, e até mesmo a reconstrução de algumas cabines com móveis encontrados entre os restos do navio.

O museu também expõe muitas obras de arte relacionadas ao mar, desde pinturas à modelos em escala dos navios, bem como alguns desenhos caricatos. Podemos ver também uniformes de marujos, a origem do casaco peacoat, e até um colete salva vidas recuperado do Titanic. Outra coisa interessante do museu é que há uma seção inteira dedicada ao universo LGBT, reconhecendo a homossexualidade de muitos marinheiros ao longo da história e destacando a importância e participação deles no desenvolvimento da marinha.

A abertura do Merseyside Maritime Museum abriu caminho para a revitalização da área do Albert Dock. Sua inauguração aconteceu em 1980 mas, em 1986, o museu foi realocado para o bloco D do Albert Dock Building, aonde está até hoje. O píer é hoje uma das principais atrações turísticas de Liverpool, com excelentes bares e restaurantes, além de alguns hotéis, dos museus (Merseyside Maritime Museum, Tate Liverpool, International Slavery Museum) e The Beatles Story.

Advertisements

2 thoughts on “Merseyside Maritime Museum em Liverpool

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s