devaneios

sobre morar em Niterói e morar em Brasília

quando moro em Niterói, meus pés são o principal meio de transporte. quando moro em Brasília, meus pés são as quatro rodas do meu carro. quando moro em Brasília, o céu é azul todo dia. quando moro em Niterói, o céu muda de cor todo dia. em Brasília ou em Niterói, o céu tem várias […]

More

quando as coisas começam a melhorar

E aí que segunda feira a gente pensa “poxa, mas já? Cadê meu final de semana que tava aqui?”, acreditando que esse dia não vai ter nada de bom. Por sorte, a minha segunda feira foi bem melhor do que eu esperava. Comecei a semana enfurnada nos arquivos do MRE e estou com as mãos […]

More

desabafo

Cheguei em Brasília ontem, no vôo errado, mas na hora certa. E hoje já amanheci aqui no MRE, ansiosa por mexer nos arquivos que guardam tantas coisas preciosas pra minha dissertação. Só que não consegui nada, até agora. Tô aqui há quase 4 horas, e nada. Aparentemente, o que eu preciso fica numa sessão diferente […]

More

vamos falar sobre liquidações

No post onde contei um tiquinho sobre as minhas mini férias de janeiro, eu “reclamei” sobre os preços das coisas lá pelas bandas dos EUA. Falei que podia ser impressão minha ou exagerado pela alta do dólar, e contei que não achei os preços tão convidativos quanto de outras vezes. Pois bem, minha gente, isso […]

More

flocos de neve de uma aventura congelante

Comentei no post passado que fui assistir FROZEN com a mamãe nos cinemas assim que cheguei da viagem, e que eu tinha ficado apaixonada pela história – e pelas músicas, pelos personagens, etc. Aí eu estava hoje fazendo a minha habitual ronda pela internê quando encontrei essas imagens de flocos de neve recortados à mão […]

More

eu não entendo as pessoas nos aeroportos

Hoje é segunda feira, tá um bom dia pra reclamar da vida. Afinal, é a primeira segunda feira do horário de verão, eu estou em Brasília, está um calor infernal, e várias coisas já deram errado hoje. Pra vocês terem uma ideia, nos primeiros minutos do meu dia eu causei um curto circuito feio em […]

More

quando eu vi Mayer pela primeira vez

é claro que eu não ia me dar por satisfeita com o post que fiz sobre o Rock in Rio quando o assunto é John Mayer. afinal, eu esperei quase 13 anos pra ver o meu muso em um show ao vivo, e as emoções são grandes demais pra não dissertar sobre elas por aqui. […]

More

não há limites para a gordice

eu vou fazer um post muito rápido e muito pequeno (até porque a bateria do MacBook tá acabando e eu tô com preguiça de ir buscar a fonte), porém necessário. eis que, buscando fotos do meu amor ❤ criança, eu descobri essa foto em um dos álbuns da minha cunhada: poderia ser ~apenas~ mais uma […]

More

e vamos pro “rock”, bebê

todo mundo sabe da birra que eu tenho com o Rock in Rio (se não sabe, clica aqui e lê o que eu já escrevi sobre o festival em 2011). mas, esse ano, eu resolvi deixar a birra de lado, como eu anunciei em 2011 que poderia eventualmente fazer, e vou curtir os dois sábados […]

More

eu não gosto de falar no telefone

eu acho que não existe no mundo quem deteste mais falar no telefone do que eu. o que eu tenho de tagarela no cara a cara, ou no whatsapp, eu emudeço quando o telefone toca e eu preciso atender. eu não sei quando isso surgiu, nem porquê, mas eu detesto falar no telefone há muito […]

More

tempo que escorre pelas mãos

quando eu vi, já era segunda feira, dia 09 de setembro. essa temporada em Brasília passou rápido demais. em meio à muitos livros, muito trabalho, e o Felipe muito doente, essas duas semanas voaram, como se o tempo escorresse pelas minhas mãos, sem que eu tivesse o menor controle sobre ele, sem que eu pudesse […]

More

reflexões na biblioteca

pois é, estou em Brasília, de novo. na última sexta fui pra SP ver os amigos que por lá estavam, Felipe me encontrou lá, e no domingo cedo viemos juntos pra cá. bem assim, desse jeito de quem começa a construir uma vida junto, de quem tenta conjugar duas vidas separadas por alguns quilômetros em […]

More

o talismã do meu país?

eu acho que prometi aqui que ia falar um pouquinho da viagem pra Belém que fiz no início do mês, e, passada a frustração absurda do final de semana, combinada à diminuição de drogas remédios no meu organismo (hoje são só 7! yey!), resolvi riscar aqui umas linhas sobre a minha experiência semi-acadêmica semi-turística na […]

More

a house becomes a home

a ideia de ter uma casa sempre foi muito distante pra mim. nunca pensei que sairia rápido da casa dos meus pais, e nem tenho necessidade disso. viver com eles é uma bênção e eu ainda quero aproveitar bastante essa convivência. mas, com a volta do Felipe pro Brasil, mais precisamente pra Brasília, como contei […]

More